20/08/2015

Testemunho do Jovem Felipe Malta PTDA #8

Olá meus amores! Finalmente minha internet voltou ao normal!!! Já estava morrendo de saudades de vocês!

   Agora vamos ter uma conversa para resolver as coisas pendentes, né? Como eu tinha combinado Nesse Post teríamos uma espécie de VEDA para Blog, ou seja, Postagem Todos os Dias do mês de Agosto (PTDA), mas fiquei uns dias sem internet e não pude cumprir o combinado por uns dias. Depois eu postei que consegui usar o wi-fi que a vizinha tinha me disponibilizado para eu não ficar sem postar até resolverem meu problema com a internet, mas infelizmente o sinal dela chega muito fraco na minha casa e ela viajou, deixando apenas o roteador ligado e isso impedia de conseguir atualizar o blog. Eu até conseguia entrar no Facebook, mas não mais que isso...
   Por esse motivo, eu postarei todo o cronograma que eu já tinha planejado, mesmo acabando o mês de Agosto. Vou postar todos os dias, seguindo o PTDA de onde parei, independente de ser mês de Agosto ou Setembro, ok?

   Então hoje vamos para a 8º postagem do PTDA, como hoje é quinta feira, vamos de 'Tema Interessante'... Lembram do cronograma?
   Hoje vou contar para vocês o testemunho de vida de um jovem da minha cidade, Felipe Malta. Eu o conheci há uns três anos, hoje sou madrinha do casamento dele e ele congrega na mesma Igreja que eu. Ele mesmo quem escreveu e eu apenas digitei... Vamos lá?

...

'Sou um milagre de Deus!'

"No dia 21 de maio por volta das 21:40 eu vinha da casa de um irmão da igreja, ao ir embora para minha casa fui surpreendido por um tiro nas costas. Após eu cair, ainda fui alvejado por mais dois tiros na cabeça. Deus me livrou da morte! Ainda caído, após ter levado três tiros, consegui atender o telefone e era minha mãe, que ao ouvir os tiros, pedia que eu ão passasse pelo 'beco da vacaria', pois ela tinha sido informada que tinham atirado em um jovem. Foi quando eu consegui avisá-la que o jovem era eu, mas que ea não se preocupasse, que eu não iria morrer, só pedi que ela e meu pai chegassem ao local.


A foto original não é desfocada, mas achei muito forte para deixar original. Créditos: Deboche de Alagoano. 

Passei uma hora e quarenta minutos no local caído no chão enquanto o socorro chegava, mas logo percebi, pela minha fé, que Deus estava ali com suas mãos poderosas me protegendo. Muitos irmãos começaram a orar pela minha vida em voz alta, e meu pai chegou ao local. Ele chegou perto de mim, estendeu sua mão e repreendeu a morte.

Foto que circulou pela internet, não se sabe quem registrou o momento
Ao ser socorrido pela SAMU, num determinado tempo não consegui ver nem enxergar mais nada, entrei em coma. Na sexta pela manhã o médico chamou meu pai, Hélio dos Santos, Pastor da Igreja Assembleia de Deus Alcançando Vidas em Rio Largo/AL, e falou que eu não tinha mais nenhum sinal de vida, que queria autorização para tirar os aparelhos às 15h. Todos os evangélicos conhecidos começaram a orar, clamando a Deus pela minha vida. Às 14:40h Deus me colocou de pé, na UTI, e com os aparelhos em minhas mãos chamei pelos médicos e eles disseram: 'Um milagre aconteceu, o jovem ressuscitou!'.
No mesmo dia, sexta feira, às 16h entrei na sala de cirurgia e os médicos entraram em contato com minha família, pedindo que orassem. Pois seria uma cirurgia delicada, para retirar a bala da cabeça e que duraria em média, 9h de cirurgia. Por volta da meia noite, os médicos informaram que 1h tive que retornar à UTI porque tive hemorragia, neurisma, AVC e eles disseram que eu perdi a visão do olho direito. Mas minha mãe falou que Deus me livraria da morte.

Foto cedida por Felipe Malta

Passei três dias na UTI sem sinal de vida novamente, mas minha mãe, Suzana Malta, mulher de oração, não cansou de orar e pedir que voltasse minha visão. E sempre confiante dizia 'se for a vontade de Deus meu filho volta para casa perfeito, com a visão e curado'. Ainda em oração, minha mãe ouviu uma voz 'É você quem vai no hospital, leve o óleo da unção e unja o olho do seu filho' e assim ela fez. Eu já não abria o olho, mas ela me acalmou e ungiu meu olho, logo em seguida foi embora. No outro dia, eu já consegui abrir os olhos e voltei a enxergar, e me perguntaram o que tinha acontecido e sem pensar duas vezes respondi 'Deus me deu a visão de novo!'.
Logo em seguida já não tinha mais motivos para ficar na UTI e com poucos dias já estava em casa para honra e glória do Senhor Jesus.

Foto cedida por Felipe Malta
Quero agradecer a todos que oraram por mim, a imprensa local que divulgou todo o acontecido, as pessoas que doaram sangue, os vizinhos e amigos que estavam sempre por perto. Mas em especial quero agradecer a Deus e aos meus pais que não mediram esforços, eles são muito especiais na minha vida. A equipe médica, meus sinceros agradecimentos, que tiveram fé além de profissionalismo e foram de grande importância na minha recuperação."

Foto cedida por Felipe Malta

Foto cedida por Felipe Malta

Foto cedida por Felipe Malta

Foto cedida por Felipe Malta

Foto cedida por Felipe Malta

Foto cedida por Felipe Malta

Foto cedida por Felipe Malta

   Depois desse acontecimento, o jovem Felipe Malta ficou muito conhecido na Cidade como 'O Milagre de Deus'. E hoje ele casou, continua como membro da igreja evangélica Assembleia de Deus Alcançando Vidas em Rio Largo/AL e sempre recebe oportunidade para contar seu testemunho e louvar junto com sua esposa em várias Igrejas.

Felipe Malta com sua esposa, Dayane Malta


Dia do casamento no civil. 


Caso queira entrar em contato com o jovem 'Milagre' Felipe Malta:

Facebook (Felipe): Clique Aqui
Facebook (Dayane, esposa): Clique Aqui
Igreja onde ambos congregam: Assembleia de Deus Alcançando Vidas em Rio Largo/AL (Página no Face Clique Aqui)